Archive for the ‘Uncategorized’ Category

No dia 29 de janeiro deste ano, estava eu em Friburgo quando comecei a sentir uma dorzinha de garganta. De lá pra cá, já fui diagnosticada com traqueíte, laringite, faringite, sinusite e… continuo péssima!!! Não que eu não tenha melhorado nesse meio tempo. Até melhorei, mas, piorei de novo. E, agora, estou pior que nunca! […]


Provocada pela notificação de um comentátio aqui no blog recebida em meu e-mail, depois de muuuuito tempo ausente, vim olhar minhas estatísticas de visita. Daí, fiquei sabendo que, mesmo sem escrever há muitos e muitos meses, por dia, tenho em média vinte acessos. Pra muita gente isso pode não ser nada. Mas, pra mim é […]


Ah, o amor…

05set09

Nem sei qual a última vez que escrevi aqui. Seja lá quando tenha sido, o fato é que, como acontece eventualmente na vida das pessoas, houve uma reviravolta na minha. No momento, estou NA-MO-RAN-DO, FELIZ DA VIDA… Uma pessoa 100% (quase) nova. Depois eu conto cada detalhe… O que quero falar agora é sobre a […]


Desde muito cedo aprendi a dar valor para as amizades que íam surgindo em minha vida. * Aos 3 ou 4 anos conheci minha primeira grande amiga, que se mantem por perto até hj, sempre me dando sábios conselhos, todos acatados. Acho que quando eu era pequena, tinha medo de que se não fizesse o […]


Acho que já falei aqui sobre explosões químicas que acontecem no meu cérebro e que geram ondas profundas de ódio pelo meu corpo todo… O complicado é acontecer isso por causa de uma pessoa que trabalha pertinho (pertíssimo!!) de mim. Por várias razões. Mas, a principal delas é que eu não sou exatamente uma pessoa […]


Nós, mulheres, temos uma forma toda especial de ver a vida, estar no mundo e interagir com ele. Coisas que só se pode compreender se vc tiver o imenso prazer de ter nascido menina. Desde muito novas, esses pequenos – ou não tão pequenos assim – detalhes comportamentais nos distinguem dos homens de forma tão […]


Inconformada?

27jun09

Considerando que eu ouvi mto bla bla bla de Professor ao longo dos anos e que mesmo estando para fazer trinta e seis anos continuo tendo aulas, entendo que se lembro de algo dito por alguém é pq trata-se de alguma coisa que vale a pena. Até pq, normalmente, eu não lembro de absolutamente nada […]