Inconformada?

27jun09

WONDER WOMAN

Considerando que eu ouvi mto bla bla bla de Professor ao longo dos anos e que mesmo estando para fazer trinta e seis anos continuo tendo aulas, entendo que se lembro de algo dito por alguém é pq trata-se de alguma coisa que vale a pena. Até pq, normalmente, eu não lembro de absolutamente nada (não apenas em aulas, mas em qq circunstância).

Muitos anos atrás, tive aula com um Professor que dizia que toda a mudança que acontece no mundo depende das pessoas inconformadas, pq, afinal, as conformadas estão felizes com o que existe por aí e, por isso, não fazem nada pra mudar o que quer que seja.

Eu, definitivamente, sou inconformada com tudo e com todos!

O que quer que esteja fora do padrão que eu entendo como aceitável será alvo, no mínimo, das minhas críticas e, no máximo, de uma campanha altamente calculada para modificação profunda e irreversível.

Já sofri mto com essa postura, mas o fato é que desde que lembro de mim eu sou assim.

Hoje, pelo menos, procuro medir minhas palavras e atitudes e isso me poupa bastante.

Mas, sem dúvida, já mudei muitas coisas das quais não gostava ou que, de algum modo, me incomodavam. Principalmente em mim.

Há cerca de 10 anos, talvez um pouco menos, comecei meu processo de reconstrução pessoal. Não me conformava em ser aquilo que era aos 25 anos. Ou seja, coisa alguma. Então, resolvi que iniciaria um processo de transformação.

De todas as decisões que tomei na vida, essa foi a mais difícil, complexa e trabalhosa. E mais complexo do que decidir foi colocar isso em prática. Lembro como se fosse hj do dia em que entrei pra me matricular aos 27 anos de idade no curso pré-vestibular. Quando saí de lá pensei: agora vou ligar no piloto-automático e só posso parar daqui a 6 ANOS!!! (1 de pré-vestibular + 5 de faculdade)

Já tinha tentado me reconstruir outras vezes e sabia que se me decepcionasse comigo mesma mais uma vez, não haveria outra chance. Pq eu, provavelmente, não teria mais forças.

O mais difícil naquele momento foi pensar que nos 6 anos seguintes eu continuaria não sendo nada, nem a sombra daquilo que eu pretendia ser (e que, aliás, continuo pretendendo, mas agora, pelo menos a sombra eu já sou…). Dia após dia tive que aprender a ter uma humildade que eu nem imaginava que pudesse ter em algum lugar dentro de mim. Aos poucos, várias outras características que eu não sabia que possuía passaram a aflorar e isso continua acontecendo todos os dias da minha vida.

Estou mto longe de estar pronta e, aliás, acho que isso só acontece com quem está morto e enterrado.

Por isso, continuo inconformada. Querendo mudar e melhorar. Melhorar tudo o que está a meu alcance. A mim, principalmente.

Anúncios


2 Responses to “Inconformada?”

  1. 1 Pierre Barth

    Essa pra mim é a mais importante “movida” que eu tenho notícia de sua vida. Sua determinação em busca de um objetivo traçado é digno de todo o reconhecimento. Isso é o inconformismo produtivo. Inconforme-se igualmente em todas as áreas. Até e ,principalmente, nessas “coisas menores” envolvendo pesoas igualmente menores que ocupam a sua cabeça que deve pensar em coisas maiores.
    PB

  2. 2 orefletor

    É isso aí… poderia estar no meu blog, tamanha foi a identificação… no meu caso, com 10 anos de atraso!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: