Archive for junho, 2009

Inconformada?

27jun09

Considerando que eu ouvi mto bla bla bla de Professor ao longo dos anos e que mesmo estando para fazer trinta e seis anos continuo tendo aulas, entendo que se lembro de algo dito por alguém é pq trata-se de alguma coisa que vale a pena. Até pq, normalmente, eu não lembro de absolutamente nada […]


Tentações

21jun09

Há cerca de dois anos decidi ser católica praticante. Simples assim. Decisão tomada, passei a frequentar a Missa aos domingos e até me inscrevi no curso de Crisma ao qual compareci 3 dias. Todo o ritual da Missa era um mistério completo pra mim que, domingo a domingo, se tornou apenas parcial. E eu adoro […]


Siso…

18jun09

Que eu sou cilcotímica, bipolar, de lua ou difícil de lidar todo mundo já sabe. Sou um amorzinho de pessoa até o momento que a minha outra personalidade assuma o controle causando imenso mal estar em todos os presentes, e até em mim. Mas ainda não falei sobre as coisas que potencializam o aparecimento da […]


Meu DIA DOS NAMORADOS não poderia passar despercebido. Não poderia simplesmente passar… não. Não poderia ser normal, um dia qualquer. Estava eu meio de cama por causa de um pequeno procedimento cirurgico realizado dias antes e tentando arrumar minhas coisinhas para a mudança do dia seguinte para o meu escritório novinho e lindo e ignorando […]


A new one…

11jun09

E eis que, depois de pouco mais de dois meses de solteirice, eu conheci um moço. Não pretendo falar nenhuma palavra sobre ele. Nada. Quem é, como é, pq é… tudo isso será ignorado. O que farei aqui será apenas a análise dos sentimentos que surgem no ser ao longo dessa história. Conheci o moço […]


O que fazem duas mulheres solteiras numa noite de sexta-feira no Rio de Janeiro? Resolvem esquecer das consequências desastrosas de sairem juntas e sozinhas (TODOS – é, momento egocêntrico do post – notarem que elas estão sem homens e concluirem em 3 segundos que: ou são encalhadas ou são sapatas dating) e encaram uma sessãozinha […]


Não posso negar que minhas (longas) histórias são famosas entre os meus amigos. Alguns, quando detectam o olhar de “tenho coisas novas para contar!!” preferem até sair correndo. Outros ficam, por preguiça ou por não terem mesmo senso algum de iniciativa. Algumas conto várias vezes e fico feliz quando alguém do grupo não conhece, só […]